Em trabalho remoto, Justiça Estadual potiguar registrou 26.732 atos proferidos de 20 a 26 de março

No período de 20 a 26 de março, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte registrou a produção de 6.300 sentenças, 5.507 decisões e 14.925 despachos - um total de 26.732 atos proferidos nos processos em tramitação. Estes foram os primeiros dias úteis em que a Justiça Estadual potiguar funcionou por meio do trabalho remoto, como forma de prevenção ao contágio e propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Mesmo sem expediente presencial, a Justiça não está parada. Magistrados e servidores estão cumprindo suas tarefas remotamente. Neste período, foram distribuídos 4.025 novos processos, ao passo em que o Judiciário arquivou definitivamente 6.445 processos, ou seja, houve redução no acervo.

Magistrados e servidores tem se esforçado para garantir o melhor funcionamento do Judiciário neste período. Estamos fazendo videoconferências e usando todos os recursos tecnológicos ao nosso favor para preservar o acesso à justiça com a rapidez e a qualidade que a sociedade precisa. Aproveito para parabenizar o compromisso dos nossos magistrados e servidores”, destaca o presidente do TJRN, desembargador João Rebouças.

Outro número demonstra que os processos estão tramitando: o número de movimentos processuais lançados chegou a 207.098. Também foram registradas 13 audiências realizadas no período.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200