Corregedoria: 2ª semana de trabalho remoto tem correições virtuais e videoconferências

Em sua segunda semana em regime de trabalho remoto, a Corregedoria Geral de Justiça (CGJ) do Rio Grande do Norte mantém em dia a produtividade em suas atividades. A suspensão do expediente presencial se dá em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre os dias 30 de março e 3 de abril, o órgão realizou quatro novas correições virtuais, nas quais foram analisados 360 processos. Também analisou 30 correições realizadas anteriormente, as quais foram agora arquivadas.

A CGJ deu cumprimento a mais de 200 processos e recebeu outros 73 novos, por meio dos sistemas PJeCor e Sigajus. A Corregedoria recebeu e deu seguimento a 300 e-mails.

O uso da videoconferência para realização de reuniões continua: foram feitas reuniões virtuais com órgãos do Poder Executivo estadual discutir questões de saúde do sistema prisional, e com representantes da Associação dos Notários e Registradores do RN (Anoreg) sobre o funcionamento dos cartórios durante a pandemia.

O recurso também possibilitou a participação do juiz corregedor Diego Cabral e de alguns servidores da CGJ no evento Enastic Digital 2020, cuja programação discutiu temas, no contexto do Poder Judiciário, como inteligência artificial, tratamento de dados pessoais, produtividade em tempos de home office.

Nesse período foram editadas 41 portarias, oito ofícios circulares e três ofícios simples, além da emissão de 95 certidões pela Corregedoria.

O corregedor geral, desembargador Amaury Moura, destacou para os juízes corregedores e servidores da CGJ que as mudanças necessárias neste momento resultam também em oportunidades de crescimento, pois desenvolvem a capacidade de resolver problemas ou de antecipar-se às necessidades, ou, ainda, abrir novos campos de atividade. “Não há mal nesse mundo que não traga alguma lição e aprendizado, muito aprendizado”, reforça o magistrado.

O desembargador também elogiou o bom trabalho desenvolvido pelos juízes e servidores de primeiro e segundo graus “que têm dado continuidade a nossa atividade judiciária com especial esforço e dedicação”.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200